16ª Conferência Nacional de Saúde e os Impactos do Racismo na Saúde da População Negra: Formação para desconstrução dos determinantes sociais em saúde

Isabel CF da Cruz

Resumo


Com base no que preconiza a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra -PNSIPN, a formação em saúde deve ser centrada no trinômio pessoa/população negra-estudante-docente visando, no mínimo, o encontro clínico isento de viés racial implícito enquanto competência profissional a ser desenvolvida no processo ensino-aprendizagem-avaliação.

Palavras-chave


Enfermagem; ensino clínico; racismos; determinantes sociais da saúde; equidade

Texto completo:

HTML

Referências


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral da População Negra : uma política para o SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – 2. ed. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2013. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_saude_integral_populacao.pdf

Batista Karina Barros Calife, Gonçalves Otília Simões Janeiro. Formação dos profissionais de saúde para o SUS: significado e cuidado. Saude soc. [Internet]. 2011 Dec [cited 2018 Oct 21] ; 20( 4 ): 884-899. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902011000400007&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902011000400007.

Weiss, Raquel. (2014). Max Weber e o problema dos valores: as justificativas para a neutralidade axiológica. Revista de Sociologia e Política, 22(49), 113-137. https://dx.doi.org/10.1590/S0104-44782014000100007

Hall, William J et al. “Implicit Racial/Ethnic Bias Among Health Care Professionals and Its Influence on Health Care Outcomes: A Systematic Review” American journal of public health vol. 105,12 (2015): e60-76. Available at https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4638275/

RISCADO, Jorge Luís de Souza. A perspectiva das iniquidades da saúde, do racismo e do racismo institucional: experiências na construção e implementação de disciplinas eletivas acadêmicas na graduação e programa“stricto sensu”, na Faculdade de medicina da Universidade Federal de Alagoas. Laplage em Revista, [S.l.], v. 2, n. 3, p. p.113-121, out. 2016. ISSN 2446-6220. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2018. doi:https://doi.org/10.24115/S2446-6220201623196p.113-121.

CRUZ, Isabel CF da; VIDAL, Audrey Pereira. Teaching diversity and equity for health undergraduate students - a propposal. Journal of Specialized Nursing Care, [S.l.], v. 7, n. 2, sep. 2015. ISSN ISSN 1983-4152. Available at: . Date accessed: 22 oct. 2018.

Anila Naz, Ellen Rosenberg, Neil Andersson, Ronald Labonté, Anne Andermann Health workers who ask about social determinants of health are more likely to report helping patients. Canadian Family Physician Nov 2016, 62 (11) e684-e693; Disponível em http://www.cfp.ca/content/62/11/e684.long

Sharma M, Pinto AD, Kumagai AK. Teaching the social determinants of health: A path to equity or a road to nowhere? Acad Med. 2018;93(1):25-30. PMID: 28445214. DOI: 10.1097/ACM.0000000000001689.

REINEHR, Jaciane Pimentel Milanezi. A Saúde da População Negra em Burocracias de Rua do SUS. 2017. Apresentado no 18º Congresso Brasileiro de Sociologia. Disponível em: . Acesso em: 09 dez. 2017

Zaidi Z1, Vyas R, Verstegen D, Morahan P, Dornan T. Medical Education to Enhance Critical Consciousness: Facilitators' Experiences. Acad Med. 2017 Nov;92(11S Association of American Medical Colleges Learn Serve Lead: Proceedings of the 56th Annual Research in Medical Education Sessions):S93-S99. doi: 10.1097/ACM.0000000000001907.

Braithwaite, J., Herkes, J., Ludlow, K., Testa, L., & Lamprell, G. (2017). Association between organisational and workplace cultures, and patient outcomes: systematic review. BMJ open, 7(11), e017708. doi:10.1136/bmjopen-2017-017708

Beach MC, Inui T, the Relationship-Centered Care Research Network. Relationship-centered Care: A Constructive Reframing. Journal of General Internal Medicine. 2006;21(Suppl 1):S3-S8. doi:10.1111/j.1525-1497.2006.00302.x.

Pew-Fetzer Task Force on Advancing Psychosocial Health Education. Health Professions Education and Relationship-Centered Care. San Francisco: Pew Health Professions Commission; 1994. Republicado em 2000. Disponível em https://healthforce.ucsf.edu/sites/healthforce.ucsf.edu/files/publication-pdf/RelationshipCentered_02.pdf

CRUZ, Isabel CF da. Anotações sobre como os profissionais de saúde podem desconstruir o racismo institucional dirigido à população negra no SUS. Boletim NEPAE-NESEN, [S.l.], v. 13, n. 2, oct. 2016. ISSN 1676-4893. Disponível em: . Acesso em: 26 oct. 2018.

BOTELHO, Jeciana das Virgens. O Encontro na clínica:: uma aproximação fenomenológica. 2016. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: . Acesso em: 19 out. 2018.

Porto, Celmo Celeno. Relato de um encontro clínico "fora dos padrões". Revista Médica de Minas Gerais, [s.l.], v. 28, p.1-1, 2018. GN1 Genesis Network. http://dx.doi.org/10.5935/2238-3182.20180043. Disponível em: . Acesso em: 19 out. 2018.

EZER, Tamar. Four Key Lessons from Teaching Human Rights for Health. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

CRUZ, Isabel CF da. Human Rights and Black Brazilian Health. Online Brazilian Journal of Nursing, [S.l.], v. 8, n. 1, apr. 2009. ISSN 1676-4285. Available at: . Date accessed: 26 oct. 2018. doi:https://doi.org/10.5935/1676-4285.20092277.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Políticas de promoção da equidade em saúde / Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – 1. ed., 1. reimpr. – Brasília : Ministério da Saúde, 2013. 14p. : il.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral da População Negra: uma política do SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral da População do Campo e da floresta – Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT: uma política do SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Plano Operativo Saúde da População em Situação de rua / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2012.

MONTEIRO, S. O Brasil Cigano & o SUS , 2010. Disponível em http://www.redehumanizasus.net/9092-o-brasil-cigano-o-sus

SEPPIR; UNAIDS. Relatório Final do Fórum Nacional “Enfrentando o Racismo Institucional para Promover a Saúde Integral da População Negra no SUS”, Brasília, 2012. Disponível em http://www.unfpa.org.br/Arquivos/relatorio_forum_enfrentamento_racismo.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa.

I Seminário Nacional de Saúde da População Negra : síntese do relatório : 18 a 20 de agosto de 2004 : Brasília – DF /

Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Departamento de Apoio à Gestão Participativa. – 2. ed.

– Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2007. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/07_0005_M.pdf


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


BNN - ISSN 1676-4893 

Boletim do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre as Atividades de Enfermagem (NEPAE)e do Núcleo de Estudos sobre Saúde e Etnia Negra (NESEN).